Homem assassina namorada e escreve "recado" com sangue da vítima no Maranhão - Central 190
Sábado, 13 de julho de 2024, 23:39
Central 190

Homem assassina namorada e escreve "recado" com sangue da vítima no Maranhão

A vítima estava com os braços e boca amarrados com arame e apresentava várias perfurações.

Uma jovem de 19 anos, Jheinifer Machado, foi brutalmente assassinada pelo seu companheiro, Paullo Mesquita, na madrugada de terça-feira (9), em Porto Franco, a 723 km de São Luís. Após torturar e matar Jheinifer, Paullo teria usado o sangue da vítima para escrever um "recado" na parede.

  

Vítima tinha 19 anos. Foto: Reprodução.

   

De acordo com o Instituto de Criminalística (ICRIM), o corpo de Jheinifer foi encontrado por volta das 11h, na residência onde morava com Paullo, no bairro Entroncamento. A vítima estava com os braços e boca amarrados com arame e apresentava várias perfurações. Segundo a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), Paullo escreveu na parede, usando o sangue de Jheinifer: "‘mau’ da vagabunda é trair!”

  

Recado com sangue da vítima. Foto: Reprodução.

   

Após o crime, Paullo fugiu para Marabá, no Pará, onde foi preso na madrugada de quarta-feira (10). Ele foi encontrado escondido dentro de uma manilha em uma praça e posteriormente encaminhado para Imperatriz (MA), onde está sob custódia do poder judiciário.

Durante a captura, Paullo confessou o crime, alegando ter matado Jheinifer por suspeitar de traição. Segundo ele, o crime ocorreu após encontrá-la conversando ao celular com outra pessoa, o que desencadeou uma discussão e uma luta corporal.

Leia Também

Dê sua opinião: