Mãe e padrasto são indiciados por tortura e morte de criança de 3 anos em Esperantina - Central 190
Sábado, 13 de julho de 2024, 23:26
Central 190

Mãe e padrasto são indiciados por tortura e morte de criança de 3 anos em Esperantina

As investigações foram conduzidas pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e aos Grupos Vulnerávei.

Nesta terça-feira (02), a Polícia Civil do Piauí concluiu inquérito policial e indiciou M.K.N.DE O. e F.S.R., pelos crimes de tortura e feminicídio qualificado, no contexto de violência doméstica e familiar contra a criança A.K.G.N., ocorridos na cidade de Esperantina.

As investigações foram conduzidas pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e aos Grupos Vulneráveis (DEAMGV-Esperantina) e Delegacia Seccional de Esperantina.

De acordo com a delegada Polyana Oliveira, titular da DEAMGV-Esperantina, concluiu-se que a criança, desde quando foi morar na cidade de Esperantina, no início do ano de 2024,foi submetida a constantes episódios de tortura. “Além disso, ficou comprovado que no dia 14 de abril de 2024, M.K.N.DE O. e F.S.R., de forma cruel promoveram a morte da vítima, mediante o recurso da tortura”, acrescentou a delegada.

Com a conclusão do inquérito policial, a delegada de polícia representou pela conversão das prisões temporárias dos indiciados em prisões preventivas.

  

Reprodução

   

Leia Também

Dê sua opinião: