Alunos lutam com seguranças e invadem Reitoria da UFPI; veja vídeo - Cidades
Domingo, 26 de maio de 2024, 00:15
Cidades

Alunos lutam com seguranças e invadem Reitoria da UFPI; veja vídeo

Em nota, a Administração Superior da Universidade Federal do Piauí afirmou que abriu diálogo com os estudantes.

Alunos invadiram no final da manhã desta terça-feira (07), a Reitoria da Universidade Federal do Piauí, Campus Petrônio Portella, no bairro Ininga, zona Leste de Teresina.

O movimento estudantil encabeçado pela Diretório Central dos Estudantes (DCE), teve início, na manhã chegando a ocupação total da reitoria ao meio-dia. A alegação dos estudantes é que o ato reivindica segurança, iluminação precária no campus, a ausência de internet e de laboratórios, além da falta de manutenção básica na infraestrutura da universidade.

No momento da invasão, o reitor Gildásio Guedes, não estava presente no prédio. Ainda não se tem informações de que funcionários da UFPI ficaram feridos durante a ação dos manifestantes.


“Estudantes aqui da Universidade Federal do Piauí ocuparam a reitoria no sentido de estar reivindicando pautas que foram construídas há um ano e não foram cumpridas pela administração superior. A gente reivindica melhoria na segurança, melhoria na alimentação do Restaurante Universitário, por mais iluminação no campus, internet, o retorno do SIGAA, para que não falte energia, água, enfim, questões estruturais”, disse Fábio Andrade, membro do Diretório Central dos Estudantes (DCE).

Ainda de acordo com o DCE os alunos estão sofrendo perseguição política por parte da administração superior. “A gente luta contra a criminalização dos estudantes, que estão sendo perseguidos por estar fazendo manifestação, tanto os estudantes da Residência Universitária, quanto os estudantes que hoje estão aqui, ocupando”, finalizou. 

NOTA DA UFPI

Em nota, a Administração Superior da Universidade Federal do Piauí afirmou que abriu diálogo com os alunos e que vem atuando de maneira contínua para atender as demandas dos acadêmicos.

 NOTA NA ÍNTEGRA

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio da Administração Superior, informa que está sempre aberta ao diálogo com os estudantes e que atua de forma contínua para garantir serviços à comunidade acadêmica, mesmo diante de redução no orçamento concedido às Universidades Federais. O Restaurante Universitário, a Residência Estudantil, o Alojamento de Trânsito e as bolsas para estudantes são exemplos que contribuem para a permanência estudantil na Instituição.

Em relação às reivindicações dos graduandos: - no que tange à falta de internet no campus, a internet e os sistemas SIG foram restabelecidos no último domingo e todos os esforços estão sendo feitos para o retorno do sistema Wi-Fi; - na Residência Universitária o fornecimento de energia e de água acontecem normalmente; - ações de segurança foram implementadas pela atual gestão, como melhoria na iluminação, limpeza do campus, rondas de seguranças e interlocução junto à Secretaria de Segurança estadual para atuação conjunta. A UFPI informa que respeita mobilizações pacíficas, que está sempre atenta às reivindicações e trabalha para ofertar serviços de qualidade à comunidade acadêmica.

Leia Também

Dê sua opinião: