Vereador morre após ser fuzilado por criminosos em Crato no Ceará - Cidades
Quarta, 22 de maio de 2024, 09:35
Cidades

Vereador morre após ser fuzilado por criminosos em Crato no Ceará

Testemunhas relatam que dois indivíduos desceram de uma picape branca efetuando disparos contra o vereador

Nesta terça-feira (7), o vereador Erasmo Morais foi morto a tiros de fuzil em frente à sua casa, situada no bairro do Mirandão, no Crato, Ceará. Morais, ex-policial militar, foi expulso da corporação por envolvimento em crimes de extorsão e associação criminosa, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Até o momento, não há suspeitos detidos e a motivação do crime permanece desconhecida.

  
Erasmo Morais Foto: Reprodução
 
 
 

Testemunhas relatam que dois indivíduos desceram de uma picape branca e abriram fogo contra o vereador antes de fugirem do local. O Crato, município localizado no Cariri cearense, cerca de 500 km distante da capital Fortaleza e com pouco mais de 100 mil habitantes, foi abalado pelo ocorrido.

A prefeitura do Crato emitiu uma nota oficial e cancelou uma audiência programada para o dia em respeito ao luto pela morte do vereador.

Confira nota oficial da SSPDS:

"A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) e Polícia Militar do Ceará (PMCE) estão conduzindo diligências relacionadas ao homicídio de um homem de 53 anos, ocorrido nesta terça-feira (7), no Crato - Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Ceará. A vítima foi morta por disparos de arma de fogo em uma via pública, no bairro Mirandão. As investigações sobre o homicídio estão sob responsabilidade da Delegacia Regional do Crato, unidade da PCCE."

Leia Também

Dê sua opinião: