Eliana recusa proposta da Record e deve comandar o retorno do "Vídeo Show" na Globo - Entretenimento
Sexta, 14 de junho de 2024, 19:30
Entretenimento

Eliana recusa proposta da Record e deve comandar o retorno do "Vídeo Show" na Globo

A emissora de Edir Macedo havia convidado Eliana para ocupar o horário de Rodrigo Faro, oferecendo um salário de R$ 1 milhão.

A apresentadora Eliana teria recusado uma proposta milionária da Rede Record após anunciar sua saída do SBT. A emissora de Edir Macedo havia convidado Eliana para ocupar o horário de Rodrigo Faro, oferecendo um salário de R$ 1 milhão. No entanto, a proposta não foi suficiente para convencer a apresentadora a aceitar a vaga.

  
Eliana deixa o SBT. Foto: Reprodução
 
 
 

Enquanto isso, a Globo está planejando o retorno do "Vídeo Show" e pretende ter Eliana no comando da atração. O programa, que foi tirado do ar em 2019, está em fase de montagem de equipe para o novo projeto. Segundo o 'Jornal O Globo', Eliana deixará o SBT em junho para assumir esse novo desafio na Globo.

A saída de Eliana do SBT foi formalizada em abril através de um comunicado divulgado pela assessoria dela e da emissora. O comunicado destacou a longa trajetória de quase 15 anos da apresentadora no SBT e a decisão de buscar novos desafios profissionais:

"Após quase 15 anos à frente de um programa consolidado e de grande sucesso, Eliana decidiu que era o momento de uma nova fase com outros desafios profissionais, sem jamais esquecer os inúmeros dias de alegria, conquistas e aprendizados vividos na emissora. Ambas as partes expressam de forma legítima sua gratidão mútua e desejam o melhor para o futuro. O SBT reforça ainda seu carinho e torcida pela apresentadora em quaisquer caminhos que ela pretenda seguir, e informa que as portas sempre estarão abertas para ela."

Com a decisão de recusar a oferta da Record e aceitar o convite da Globo, Eliana se prepara para um novo capítulo em sua carreira, marcando o retorno de um dos programas mais icônicos da televisão brasileira.

Leia Também

Dê sua opinião: