Cássio pede liberação do Corinthians e se aproxima de despedida do clube - Esportes
Quarta, 22 de maio de 2024, 08:26
Esportes

Cássio pede liberação do Corinthians e se aproxima de despedida do clube

Apesar de o Corinthians ter oferecido a prorrogação do vínculo até 2026, Cássio não se mostrou interessado.

A trajetória de Cássio no Corinthians parece estar chegando ao fim. Nesta quarta-feira, o goleiro teve uma conversa com o presidente do clube, Augusto Melo, onde reiterou seu desejo de sair. Apesar dos esforços da diretoria para convencê-lo a permanecer, o jogador se mostrou irredutível.

  
Cássio deve assinar com o Cruzeiro. Foto: Reprodução
 
 
 

Com uma proposta do Cruzeiro em mãos para um contrato de três anos, Cássio busca uma liberação imediata do Corinthians. Apesar da janela de transferências só abrir em julho, o goleiro não vê clima para continuar no clube alvinegro.

Diante dessa situação, o Corinthians está discutindo as condições para a rescisão do contrato do jogador, que vai até dezembro. Uma nova reunião com os agentes do atleta deve ocorrer ainda hoje.

A possível despedida de Cássio e eventuais homenagens ainda não foram temas nas conversas. A decisão do goleiro já estava tomada há alguns dias e foi comunicada à diretoria do clube na segunda-feira, durante uma reunião com seus empresários.

Apesar de o Corinthians ter oferecido a prorrogação do vínculo até 2026, Cássio não se mostrou interessado. Ele reforçou que a decisão de sair não está relacionada a aspectos financeiros ou contratuais.

Cássio, que completou 36 anos recentemente, planeja jogar mais três ou quatro temporadas e acredita que deixar o Corinthians será o melhor para ambas as partes. Ele entende que sua presença no banco de reservas gera uma pressão extra sobre o goleiro titular, Carlos Miguel, e prolongar essa situação até o final do ano só geraria mais desgaste.

Segundo jogador que mais defendeu o Corinthians, com 712 jogos, atrás apenas de Wladimir, Cássio acumula uma lista impressionante de títulos pelo Timão, incluindo quatro Campeonatos Paulistas, dois Brasileiros, uma Libertadores, um Mundial e uma Recopa Sul-Americana. Sua história no clube certamente ficará marcada na memória dos torcedores corintianos.

Leia Também

Dê sua opinião: