Ex-técnico do Flamengo e jornalista Apolinho morre aos 87 anos - Esportes
Quarta, 22 de maio de 2024, 08:48
Esportes

Ex-técnico do Flamengo e jornalista Apolinho morre aos 87 anos

Apolinho estava internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, lutando contra o câncer.

Falece o ex-técnico do Flamengo e renomado jornalista Washington Rodrigues, o Apolinho, aos 87 anos, após batalha contra o câncer. Internado no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, sua morte entristece o mundo esportivo e jornalístico. Conhecido por suas expressões populares marcantes, como "Pinto no Lixo" e "Briga de cachorro grande", Apolinho deixou um legado tanto como técnico quanto como comunicador.

  
Apolinho Foto: Reprodução/Redes Sociais
 
 
 



Em 1995, no ano do centenário do Flamengo, Apolinho teve a oportunidade de comandar o clube do coração, conquistando o vice-campeonato da Supercopa Libertadores. Mais tarde, em 1998, retornou ao Flamengo como diretor de futebol, demonstrando sua ligação e paixão pelo rubro-negro carioca. Sua trajetória também se destacou na carreira jornalística, marcada por uma linguagem popular que cativou os ouvintes.

Passando pelas rádios Globo e Super Rádio Tupi, Apolinho ganhou o apelido que o consagrou, uma referência ao seu microfone que remetia aos equipamentos dos astronautas. Nas redes sociais, o Flamengo prestou homenagens ao comunicador, destacando momentos marcantes de sua narração, como o gol histórico de Petkovic. 


Leia Também

Dê sua opinião: