Governador Rafael Fonteles inaugura Hub da Investe Piauí em Teresina - Piauí
Sexta, 14 de junho de 2024, 19:00
Piauí

Governador Rafael Fonteles inaugura Hub da Investe Piauí em Teresina

Desenvolvimento de empresas e startups e promoção de soluções para serviços públicos serão o foco do Hub de Inovação da Investe Piauí.

O Piauí acaba de ganhar um novo espaço de inovação voltado para a criação de oportunidades de negócios e para a promoção da cultura empreendedora através do apoio ao desenvolvimento de empresas e de soluções para serviços públicos. Trata-se do Hub Investe Piauí, inaugurado pelo governador Rafael Fonteles na noite desta quarta-feira (29), em Teresina.

  

Governador Rafael Fonteles inaugura Hub da Investe Piauí em Teresina Foto: Divulgação/Governo do Piauí
   

O governador Rafael Fonteles diz que a inauguração do hub "é um sonho realizado" e acrescenta: "Já temos um ecossistema de inovação muito promissor na ZPE de Parnaíba, mas agora temos um com formato completo em Teresina. Com isso, cumprimos mais uma meta do nosso programa de governo, que virou um plano de gestão, que é exatamente ter um centro de inovação de excelência com a finalidade de reunir todos os atores importantes para o ambiente de inovação", pontua o chefe do Executivo Estadual.

Localizado na Avenida Miguel Rosa, em frente à Estação Central do Metrô, o hub é da Agência de Atração de Investimentos Estratégicos – Investe Piauí e será referência para o empreendedor piauiense. "Aqui é a casa do empreendedor. É a casa para aquela pessoa que quer investir no Piauí, que acredita no potencial econômico do nosso estado, que quer gerar oportunidades de emprego e renda para os piauienses. É um local para a busca de informações assertivas de mercado, para conversar com investidores e receber mentoria de negócios", ressalta o diretor-presidente da Investe Piauí, Victor Hugo Almeida.

Ainda segundo Victor Hugo, a inauguração do espaço tem uma representação simbólica, porque sintetiza de forma precisa o discurso do governador. "Rafael tem um plano de governo muito bem definido em dois grandes eixos: a geração de emprego, trabalho e renda e o governo digital, e no Hub Invest Piauí, esses dois mundos se unem", acrescenta.

Fonteles reforça ainda que o espaço vai reunir, em um só lugar, órgãos, empresas, instituições e entidades voltadas para o fomento à inovação, facilitando o acesso, por exemplo, para startups e empresas de tecnologia, sejam elas já consolidadas ou ainda em planejamento, e que precisam de apoio. "Reunimos aqui Etipi, Investe Piauí, Fapepi, Badespi, que faz o link com as instituições financeiras, então você tem, além dos investidores, o Governo do Estado presente, os pesquisadores, núcleos acadêmicos, empresas. E a gente vai ter, obviamente, um grande sucesso nesse fomento à inovação, algo que gera desenvolvimento, ainda mais no mundo contemporâneo e digital em que nós vivemos hoje", completa.

Conheça um pouco mais sobre o Hub Investe Piauí

O Hub de Inovação da Investe Piauí servirá para fortalecimento dos distritos tecnológicos e para recepcionar investidores interessados no estado. Será a casa do investidor do Piauí e servirá como ponto de encontro para a promoção de ideias e iniciativas que contribuirão para o avanço da economia, tecnologia e ecossistema de inovação.

O prédio possui quase 800 m², três andares, e conta com núcleo de inovação, incubação de empresas, cursos de tecnologia, espaço de coworking, atendimento a empresas, programas empresariais e apoio a fomento de recursos públicos.  Dessa forma, o local vai conectar o poder público com empresas e startups, ajudando a desenvolver negócios, oferecendo soluções para serviços públicos e movimentando o ecossistema de inovação do estado.

A sede centralizará os serviços para quem deseja empreender no Piauí, abrangendo áreas como startups, mineração, agro, tecnologia, entre outras, e envolverá diversos participantes do ecossistema, incluindo aqueles que podem oferecer serviços essenciais para o desenvolvimento de negócios. Além disso, unirá ações físicas e digitais para assegurar o sucesso dos empreendedores piauienses.

O hub contará com o Clube do Investidor, que fará o elo entre startups e empresários interessados em investir recursos nessa área; Laboratório de Inovação do Piauí (Lipi), onde serão mensurados os desafios da administração pública estadual para propor soluções; conexão com hubs e outras entidades, com a participação das comunidades de startups do Piauí e de hubs privados; instituições que já atuam em inovação, como as do Sistema S (Sebrae, Senai e Sesi). Empresas tradicionais também serão bem-vindas, pois terão conexão com órgãos governamentais como a Junta Comercial do Piauí (Jucepi), além do próprio Sistema S, que é ligado a empresas de um modo geral.

O espaço também vai ajudar aqueles negócios que não possuem CNPJ e terá serviço gratuito de coworking, com 30 espaços que poderão ser utilizados, mediante reserva, das 8h às 18h, mesmo horário em que o hub ficará aberto à população, de segunda a sexta-feira.

No local foi instalado, ainda, um estúdio de podcast, que poderá ser usado de forma gratuita pelas empresas e comunidades, mediante reserva de horário, e contará com um auditório para 30 alunos. Haverá aulas de tecnologia dos três turnos (manhã, tarde e noite).

Leia Também

Dê sua opinião: