Piauí alcançou o maior valor em exportações do estado deste ano - Piauí
Quarta, 22 de maio de 2024, 08:20
Piauí

Piauí alcançou o maior valor em exportações do estado deste ano

As vendas para o exterior superaram o mês de março e atingiram R$ 640,2 milhões em abril.

Em abril de 2024, o Piauí alcançou o maior valor em exportações do estado deste ano, chegando a US$ 124,1 milhões, o equivalente a R$ 640,2 milhões. Com isso, o estado obteve avanço em relação a março de 2024 (US$ 42,8 milhões), alcançando índice de crescimento de 65,5% (R$ 419 milhões). Os dados foram divulgados, na quarta-feira (8), pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC).

  
Ilustrativo Foto: Divulgação/Governo do Piauí
 
 
 

As importações atingiram o valor de US$ 32,7 milhões no mês de abril, o que corresponde a R$ 168,6 milhões. O superávit de abril (saldo da balança comercial de abril de 2024) alcançou US$ 91,4 milhões, equivalente a R$ 471 milhões, correspondente a 73,6% dos produtos negociados.

No comparativo com abril de 2023, a Balança Comercial do Piauí apresentou queda nas exportações, comercializando US$ 73,6 milhões (R$ 379.5 milhões) a menos que o mesmo mês do ano passado, quando exportou US$ 197,7 (R$ 1.019 bilhão), sofrendo uma queda de 37,2%.

Segundo os dados do ministério, as importações piauienses, no comparativo com o mesmo mês do ano passado, cresceram 50,5%, com R$ 168,6 milhões agora, ante os R$ 83 milhões em abril de 2023.

Os produtos mais vendidos foram a soja, com índice de 66% de participação (US$ 81,9 milhões), milho, com 8,3% (US$ 10,3 milhões), farelo de soja, com 6,7% (US$ 8,3 milhões), minério de ferro, com 6,1% (US$ 7,5 milhões), e outras gorduras e óleos animais ou vegetais, com 3,7% (US$ 4,6 milhões).

Os municípios que mais exportaram foram Uruçuí, Bom Jesus, Corrente, Baixa Grande do Ribeiro e Parnaíba. Os países que mais compraram foram China (61%), Estados Unidos (6,6%), Espanha (6%), Irã (4,5%) e Taiwan (3,6%).

Deusval Lacerda de Moraes, superintendente da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, evidencia o apoio do Governo do Estado no fortalecimento do agronegócio piauiense por meio do investimento em áreas estratégicas. "A gestão estadual está dedicando esforços significativos para fortalecer a indústria do agronegócio e outros produtos locais. Isso inclui investimentos em infraestrutura, educação, digitalização de serviços públicos, inovação, logística e produtividade. Além disso, busca melhorar o ambiente de negócios para atrair investimentos e aumentar a riqueza do estado, visando à melhoria das condições de vida da população" destacou o gestor.

Leia Também

Dê sua opinião: