Operação "Interditados" deflagra sua 20ª Fase em Teresina, Água Branca e Altos - Polícia
Quarta, 22 de maio de 2024, 09:29
Polícia

Operação "Interditados" deflagra sua 20ª Fase em Teresina, Água Branca e Altos

Quatro lojas tiveram suas atividades suspensas.

Em continuidade aos esforços empreendidos pela Superintendência de Operações Integradas (SOI) da Secretaria de Segurança Pública, com ação coordenada pela Força Estadual Integrada de Segurança Pública (FEISP) foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (16), a 20ª fase da Operação Interditados nas cidades de Teresina, Água Branca e Altos.

  

Operação SSP-PI
   

Durante a operação, foram cumpridas 11 medidas cautelares, sendo 07 mandados de busca e apreensão em lojas e endereços residenciais de proprietários de lojas físicas e virtuais, envolvidas na comercialização de peças e aparelhos celulares produtos de crime, além disso, 04 lojas tiveram suas atividades econômicas suspensas.

A ação visa o combate ao comércio criminoso de aparelhos celulares e demonstra o compromisso contínuo das autoridades em reprimir atividades ilícitas que prejudicam a segurança e o patrimônio dos cidadãos.

Os lojistas estão sendo investigados por receptação qualificada, um delito que aprofunda sua gravidade pela conduta de utilizar, no exercício de atividade comercial, produtos de crime. Esta prática, além de alimentar o ciclo criminoso, implica na participação em esquemas organizados, ampliando o impacto negativo na sociedade.

Ainda, para evitar reincidência delitiva e diante de indícios de crimes de natureza financeira, 02 lojas virtuais e 01 loja física tiveram suas atividades econômicas suspensas judicialmente. Tal medida visa não só interromper imediatamente o fluxo de produtos ilícitos, mas também desencorajar outros comerciantes a participarem de atividades criminosas semelhantes.

Os esforços das forças policiais têm gerado resultados notáveis, especialmente no combate aos crimes envolvendo roubo e furto de dispositivos celulares. Uma análise comparativa entre os primeiros meses de 2023 e o mesmo período de 2024 revelou uma significativa redução de 44% na ocorrência desses delitos no Piauí, acompanhada por um aumento de quase 200% na recuperação de celulares, reiterando assim o compromisso das autoridades com a segurança pública.

Leia Também

Dê sua opinião: