Piauí registra 3º maior saldo de empregos na região Nordeste em março de 2024 - Cidades
Quarta, 22 de maio de 2024, 09:36
Cidades

Piauí registra 3º maior saldo de empregos na região Nordeste em março de 2024

Ao longo dos últimos 15 meses, de janeiro de 2023 a março de 2024, o Brasil criou um total de 2,18 milhões de empregos com carteira assinada.

De acordo com os dados do Novo Caged, divulgados nesta terça-feira, 30 de abril, o estado do Piauí apresentou um desempenho sólido na geração de empregos com carteira assinada em março de 2024, posicionando-se como o terceiro estado com o maior saldo positivo na região Nordeste.

Cenário Estadual:No período analisado, o Piauí criou um total de 3.015 novos postos de trabalho formal, elevando o acumulado dos três primeiros meses do ano para 4.009 novas vagas. Esse resultado reflete o vigor da economia local e a resiliência do mercado de trabalho diante dos desafios enfrentados.

Destaques por Setor: O estado apresentou saldo positivo em quatro dos cinco principais setores econômicos. A área de Serviços despontou, com a criação de 1.538 novos postos, seguida pelo Comércio, com 939 vagas, e a Agropecuária, com 384 novos empregos. A Indústria também contribuiu positivamente, registrando a abertura de 374 vagas. No entanto, o setor da Construção apresentou um saldo negativo de -220 vagas.

  

Quase 700 mil empregos deixariam de ser gerados sem a desoneração da folha, diz estudo
   

Desempenho por Município: Na divisão por municípios, a capital Teresina liderou o saldo de empregos, com a abertura de 1.773 novas vagas formais, elevando o estoque de trabalhadores formalizados para 218,6 mil na capital. Outros municípios também se destacaram, como Parnaíba (216), Floriano (215), Picos (188) e Pajeú do Piauí (119).

Cenário Nacional: A nível nacional, o Brasil registrou um saldo de 244.315 novos postos formais de trabalho em março. Esse desempenho reflete um contexto econômico favorável, impulsionado pela redução das taxas de juros e inflação, investimentos federais em infraestrutura, crescimento do setor automobilístico e expansão da atividade turística, entre outros fatores.

Ao longo dos últimos 15 meses, de janeiro de 2023 a março de 2024, o Brasil criou um total de 2,18 milhões de empregos com carteira assinada, sendo 1,64 milhão abertos nos últimos 12 meses.

Os dados apresentados pelo Novo Caged indicam uma tendência positiva tanto para o Piauí quanto para o Brasil como um todo, sinalizando um fortalecimento gradual do mercado de trabalho e um ambiente propício para o crescimento econômico.

Leia Também

Dê sua opinião: