Brasil conquista terceiro lugar no 4 x 400m feminino com atleta piauiense - Esportes
Quarta, 22 de maio de 2024, 08:45
Esportes

Brasil conquista terceiro lugar no 4 x 400m feminino com atleta piauiense

Apesar do esforço das atletas brasileiras, a vaga olímpica escapou, com apenas Jamaica.

No último domingo 05, durante o Mundial de Revezamentos em Nassau, nas Bahamas, a equipe brasileira de 4 x 400m feminino garantiu o terceiro lugar na competição, mas não conseguiu a tão almejada vaga para os Jogos Olímpicos de Paris 2024. O time nacional, composto por Letícia Nonato Lima, Maria Victoria de Sena, Jainy Barreto e Anny Caroline de Bassi, encerrou a prova com o tempo de 3min31s60.

  

Meninas do Revezamento 4x400 Foto: reprodução

 

Apesar do esforço das atletas brasileiras, a vaga olímpica escapou, com apenas Jamaica (3min28s54) e Índia (3min29s35) garantindo seus lugares na competição em Paris.


O técnico de Letícia Lima, Nilson de Sousa, destacou o desempenho da equipe, ressaltando as dificuldades enfrentadas devido a lesões. "O Brasil, de certa forma, foi muito bem no 4 x 4 feminino. Infelizmente, uma das grandes atletas pediu dispensa, por estar machucada. Correram as três titulares e uma reserva. E andaram muito próximo de conseguirem a vaga (para Paris 2024)", afirmou Sousa.


Quanto às chances de classificação de Letícia Lima para as Olimpíadas, o treinador mencionou as próximas competições e o caminho até a disputa. "Letícia vem para o Ibero-Americano. Tem duas vagas para o mundo para completar a quantidade de vagas para as Olimpíadas. Foram 14 definidas das 16 vagas. Restam duas vagas. Letícia vai correr pelo Brasil e acredita muito que há possibilidade ainda do Brasil se classificar", disse o treinador.


Para garantir uma possível vaga olímpica, Letícia Lima focará na prova individual, participando de duas competições internacionais e retornando ao Brasil para disputar o Troféu Brasil, encerrando o período de qualificação para as Olimpíadas até o final de junho.


Além do 4 x 400m feminino, o atletismo brasileiro competiu em outras provas de revezamento que ofereciam classificação olímpica, mas apenas no 4 x 400m masculino o Brasil conseguiu a vaga para os Jogos de Paris. As equipes ainda têm a possibilidade de buscar vaga pelo ranking da World Athletics, cujo fechamento está marcado para o dia 30 de junho.

Leia Também

Dê sua opinião: