Homem é condenado a 10 anos de prisão por tentar matar companheira a facadas - Justiça
Sexta, 14 de junho de 2024, 18:35
Justiça

Homem é condenado a 10 anos de prisão por tentar matar companheira a facadas

A juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, responsável pelo caso, destacou as circunstâncias desfavoráveis ao acusado.

Ivonaldo Silva de Araújo foi condenado a 10 anos e 8 meses de reclusão por tentar matar sua companheira, Camila da Silva Sousa, a facadas. O crime ocorreu no dia 19 de fevereiro de 2021, na zona Leste de Teresina, e a sentença foi proferida pelo 2º Tribunal Popular do Júri de Teresina nesta semana.

De acordo com o Ministério Público do Piauí (MPPI), a tentativa de feminicídio ocorreu no momento em que a vítima se preparava para tomar banho. Ivonaldo surpreendeu Camila com golpes de faca pelas costas, atingindo sua cabeça, braço, mãos e costas. O crime foi motivado por ciúmes e aconteceu no dia em que o casal comemorava o aniversário de seu relacionamento.

A juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, responsável pelo caso, destacou as circunstâncias desfavoráveis ao acusado. “No dia do ocorrido, ele e a vítima comemoravam o aniversário do relacionamento, em clima de harmonia. Mas, quando chegaram à casa onde residiam, o acusado aproveitou o momento em que a vítima tomava banho para agredi-la”, relatou a magistrada.

Após cometer o crime, Ivonaldo tentou se desfazer da arma jogando a faca pelo muro vizinho, evidenciando sua intenção de ocultar provas e escapar da justiça.

A condenação de Ivonaldo Silva de Araújo a mais de 10 anos de prisão por tentativa de feminicídio reforça a gravidade do crime e a resposta rigorosa da justiça em casos de violência doméstica. O veredicto do 2º Tribunal Popular do Júri de Teresina ressalta a intolerância a atos de violência contra a mulher e a necessidade de medidas severas para coibir tais comportamentos.

Leia Também

Dê sua opinião: