Deputado Franzé Silva é investigado pela Polícia Federal por crime de falsidade ideológica - Política
Sábado, 13 de julho de 2024, 21:52
Política

Deputado Franzé Silva é investigado pela Polícia Federal por crime de falsidade ideológica

A investigação foi solicitada pela promotora eleitoral Gianny Vieira De Carvalho.

A Polícia Federal iniciou uma investigação contra o deputado estadual Franzé Silva (PT) por suspeitas de falsidade ideológica eleitoral e apropriação indevida de recursos destinados ao financiamento de campanhas durante as eleições de 2022, quando o parlamentar foi reeleito para a Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). A investigação foi solicitada pela promotora eleitoral Gianny Vieira De Carvalho através da Notícia de Fato (SIMP/MPPI) n° 000055-349/2023, após a Procuradoria Regional Eleitoral declinar do caso.

Durante o procedimento investigativo, foram identificadas irregularidades na prestação de contas da campanha, como a presença de doadores cadastrados em programas sociais do governo, levantando dúvidas sobre a capacidade econômica desses contribuintes. Além disso, verificou-se que alguns doadores estavam registrados como desempregados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o que também suscitou questionamentos sobre sua capacidade financeira. Também foi constatada uma alta concentração de doadores entre os funcionários de uma mesma pessoa jurídica, sugerindo doações indiretas através de empresas.

Em despacho datado de 18 de junho, a juíza da 98ª zona eleitoral, Gláucia Mendes de Macêdo, determinou a reclassificação do caso de Notícia de Crime em Verificação para Petição Criminal. Adicionalmente, ordenou que os autos fossem encaminhados ao Ministério Público Eleitoral para as providências cabíveis conforme orientação da promotoria.

  

Deputado Estadual, Franzé Silva.
Foto: Reprodução

   


Leia Também

Dê sua opinião: