Graça Amorim assume mandato de vereadora em Teresina após decisão da Justiça - Política
Quarta, 22 de maio de 2024, 08:41
Política

Graça Amorim assume mandato de vereadora em Teresina após decisão da Justiça

O caso da vereadora Graça Amorim teve origem na determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou a chapa do Partido Liberal (PL).

A advogada Graça Amorim (PRD) foi oficialmente diplomada como vereadora de Teresina pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) na manhã desta quinta-feira (09) e já assumiu suas funções na Câmara Municipal. Ao chegar à Casa Legislativa, foi calorosamente recebida pelos colegas do PRD, incluindo o presidente estadual do partido no Piauí, o vereador Bruno Vilarinho.

Em suas palavras, a vereadora destacou a importância da representatividade feminina na política: "Esta é mais uma vitória na luta das mulheres por espaços de destaque na esfera política. Minha posse é fruto do esforço conjunto realizado durante o processo eleitoral de 2020 por meio da Justiça Eleitoral. Estou comprometida em exercer plenamente meu mandato e pretendo concorrer à reeleição no futuro."

  
Graça Amorim Reprodução
 
 
 

Em entrevista concedida à imprensa, Bruno Vilarinho também expressou sua opinião sobre a adesão da companheira de partido, destacando o significativo reforço que ela representa para o PRD, que agora passará a ter a maior bancada da Casa, com oito vereadores.

"Como presidente estadual do PRD, fico extremamente satisfeito. Com a diplomação da vereadora Graça, temos mais um membro fortalecendo nossos quadros. Isso representa um avanço significativo para o partido. Teremos uma representatividade feminina ainda maior, e a vereadora desempenhará um papel fundamental como voz feminina dentro do partido", comemorou Bruno.

O caso da vereadora Graça Amorim teve origem na determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou a chapa do Partido Liberal (PL) por fraude à cota de gênero, levando à perda do mandato do vereador eleito, Leonardo Eulálio, e à consequente ascensão de Graça Amorim ao cargo.

Fonte: GP1

Leia Também

Dê sua opinião: