"Nos preparamos para assédios políticos", diz Leonardo Eulálio sobre baixas no PL - Política
Quarta, 22 de maio de 2024, 08:11
Política

"Nos preparamos para assédios políticos", diz Leonardo Eulálio sobre baixas no PL

Foram mais de 30 filiados ao PL para concorrer à vaga na Câmara de Vereadores.

O presidente do Partido Liberal (PL) no Piauí e em Teresina, ex-vereador Leonardo Eulálio, manifestou-se sobre as recentes desfiliações na sigla, afirmando que a agremiação estava preparada para os assédios sobre os pré-candidatos da chapa de vereador. Eulálio destacou que o PL dispõe de nomes reservas para a disputa proporcional, mantendo-se firme em seus ideais.

  

Gessy Lima Reprodução/ Ezequiel Araujo/ O Dia
 

O ex-parlamentar reiterou o compromisso dos filiados com as bandeiras da Direita e afirmou que aqueles que deixaram o partido não estavam verdadeiramente alinhados com as diretrizes da agremiação.

"Nos preparamos para esses assédios, temos 38 pré-candidatos no momento e inúmeros filiados dispostos a se candidatarem para defender a Direita em Teresina. Quem saiu era porque nunca foi 22 [número do partido]", alfinetou Eulálio.

Nas últimas semanas, quatro líderes deixaram o PL e passaram a compor o grupo do pré-candidato a prefeito de Teresina pelo PT, deputado estadual Fábio Novo, que conta com o apoio do governador Rafael Fonteles (PT). Os nomes que não estão mais na chapa proporcional liberal são: Adriana Célia Pereira, Marcos Antônio Martins, Fabiana Monteiro e Sara Castro.

Leia Também

Dê sua opinião: